NOTÍCIA

Liceu Jardim realiza palestra “Família Vestibulanda” para os pais dos alunos da 3ª série do Ensino Médio
Publicado em 19/02/18 por Depto. de Marketing

Ser um vestibulando não é nada fácil. O término do Ensino Médio e a expectativa da entrada no Ensino Superior costuma ser um momento bem estressante. Escolher a carreira, a universidade ideal e enfrentar a primeira grande experiência competitiva (o vestibular), pode ocasionar o medo do fracasso, o distanciamento dos amigos e da vida social. É aí que a família tem um importante papel de ancoragem.

Pensando em auxiliar as famílias e, consequentemente, os alunos, realizamos, dia 31 de janeiro, a palestra “Família Vestibulanda”, ministrada pela equipe diretiva do Ensino Médio: nossa diretora pedagógica, Patrícia Teixeira; o coordenador pedagógico, Sami Jomaa; e a orientadora educacional Vera Cozza.

Um dos tópicos debatidos foi o papel de cada um nesta fase: aluno, família e escola.

O papel do aluno começa em manter o foco e aproveitar os momentos em sala, para extrair o máximo possível das aulas. É necessário que o aluno se dedique aos estudos, inclusive aos finais de semana, até sentir-se seguro. Uma dica de ouro é resolver todos os vestibulares dos últimos cinco anos das melhores universidades, tomando o cuidado de revisar as questões. O aluno também deve estar presente e fazer todos os simulados propostos pela escola. Além da dedicação aos estudos, o vestibulando não pode esquecer de seu cuidado pessoal, ou seja, dormir bem, ter uma alimentação balanceada, realizar atividades físicas regulares e, claro, ter uma vida social equilibrada.

A família vestibulanda deve ajustar sua dinâmica a favor dessa fase. Os finais de semana deverão ser solidários ao vestibulando. Se necessário, as viagens devem ser postergadas. Assinar um jornal ou revista para uso exclusivo do aluno e manter conversas sobre temas da atualidade é um incentivo a mais. Aproximar-se de outros pais de vestibulandos gera uma comunidade de apoio, o que pode ser muito útil em determinados momentos. Também é papel da família criar uma atmosfera de confiança equilibrada e confortável.

Além de toda estrutura de estudos já oferecida, a escola tem como papel proporcionar a extensão do conteúdo trabalhado em sala, com modelo de avaliações reais, visitas às universidades, feiras de profissões e encontros com profissionais, aulas de atualidades e seminários temáticos. Sem falar nos simulados, que são ótimos termômetros para o aluno avaliar academicamente seu desempenho.

Seguindo essas orientações, os objetivos se tornam mais fáceis de serem alcançados.