Notícia

Liceu Jardim promove palestra com especialista sobre Altas Habilidades
Publicado em 06/06/18 por Depto. de Marketing

Segundo o Conselho Brasileiro de Superdotação (ConBraSD), aproximadamente 8 milhões de brasileiros possuem altas habilidades, ou seja, cerca de 5% da população. Ainda assim, existe uma deficiência no diagnóstico e na oferta de atendimento educacional especializado à este público.

Pensando nisso, o Liceu Jardim convidou os pais de alunos com altas habilidades do colégio e profissionais da área da Educação e Saúde para participarem da palestra "Altas Habilidades/Superdotação: chegou a hora de atender", ministrada pela Profª. Drª. Rosemeire de Araújo Rangni, líder do Grupo de Pesquisa para o Desenvolvimento do Potencial Humano (GRUPOH - UFSCar), doutora em Educação Especial pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) e atualmente professora adjunta 3 da UFSCar.

Um superdotado não é perito em todas as áreas. Sua habilidade pode ser geral ou específica para determinado campo de conhecimento. Uma pessoa pode ser muito eficiente em exatas e, ainda sim, não ter a mesma habilidade com linguagem. Apesar da facilidade no aprendizado, uma criança com altas habilidades precisa de acompanhamento específico durante a idade escolar, pois boa parte delas apresenta dificuldades de convivência e medo da não aceitação social, o que pode desencadear ansiedade, solidão e até depressão.

Para atender essa necessidade, após um longo período de estudos e pesquisas, o Liceu Jardim criou o projeto “Ingenium - Núcleo de Altas Habilidades”, que visa oferecer um atendimento customizado aos estudantes com este perfil.

A palestra contribuiu para esclarecer dúvidas dos pais, professores e demais profissionais presentes, além de debater importantes questões sobre esse assunto ainda pouco difundido em nosso país.